TST anuncia Concurso Público para Juiz do Trabalho Substituto com mais de 130 vagas

O edital do I Concurso Público para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho do Tribunal Superior do Trabalho – TST, foi publicado na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 29 de junho de 2017.

Com o objetivo de prover cargos de Juiz do Trabalho Substituto nos Tribunais Regionais do Trabalho, os interessados devem ter pelo menos três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito, dentre outros requisitos especificados no edital disponível em nosso site.

As inscrições preliminares poderão ser realizadas pela internet a partir das 10h do dia 4 de julho de 2017 até às 14h de 2 de agosto de 2017, pelo site da Fundação Carlos Chagas – FCC.

Para confirmar a participação no certame, os candidatos devem efetuar o pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU, no valor de R$ 275,00.

No total serão 132 vagas, sendo que dentro deste quantitativo, há vagas reservadas para pessoas que se enquadrem no itens especificados no edital. O valor do subsídio do cargo de Juiz do Trabalho Substituto na Justiça do Trabalho, é de R$ 27.500,17.

Este Concurso Público será realizado em cinco etapas sendo a primeira composta de Prova Objetiva, a segunda de Provas Escritas Discursivas e Prática consistente em elaboração de uma sentença trabalhista, a terceira etapa será de com as seguintes fases, inscrição definitiva, exame de sanidade física e mental, sindicância da vida pregressa e investigação social; a quarta etapa será de Prova Oral e a quina de Avaliação de Títulos.

A primeira etapa será realizada na data prevista de 8 de outubro de 2017 nas cidades-sede dos Tribunais Regionais do Trabalho, Rio de Janeiro – RJ, São Paulo – SP, Belo Horizonte – MG, Porto Alegre – RS, Salvador – BA, Recife – PE, Fortaleza – CE, Belém – PA, Curitiba – PR, Brasília – DF, Manaus – AM, Florianópolis – SC, João Pessoa – PB, Porto Velho – RO, Campinas – SP, São Luis – MA, Vitória – ES, Goiânia – GO, Maceió – AL, Aracaju – SE, Natal – RN, Teresina – PI, Cuiabá – MT e Campo Grande – MS.

Vale ressaltar que após as etapas de classifcação os aprovados deverão participar de Curso de Formação Inicial, a realizar-se em Brasília, consoante calendário e orientações emanados da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho – ENAMAT

Com validade de dois anos, contados da publicação da lista definitiva dos candidatos aprovados, este Concurso Público pode ser prorrogado uma vez por igual período.

Concursos Públicos

Deixe uma resposta